Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog de marianosoares
 


A DOR DO PARTO NATURAL.

POSTAGEM ESPECIAL PARA MEDITAÇÃO NOS DIAS EM QUE ANTECEDEM O DIA DAS MÃES. PARTO NATURAL. A DOR DO PARTO:

A TV, a mídia de um modo geral, deve evitar no máximo apresentar mães dando luz em parto natural. Vai chegar uma hora em que todas as mães vão ter medo de engravidar; vão ver medo de encarar o parto normal. E em consequência disso optar para o parto cesariano. Eu estou fundamentando esse meu raciocínio com o parto da Abigail ao ter a bebê Macla na novela Os Dez Mandamentos de 28-Abr-2016. Vocês viram a encenação duradoura de sofrimento. É claro naquele tempo não havia o parto cesariano. Foi um parto prematuro, só mesmo por Deus, com as orações foi feliz! Ali corria o risco de mãe e bebê vir a falecer. Não estou dizendo com isso que sou a favor do parto cesariano. Deve ser somente no caso de risco para a mãe ou o bebê, ou ambos. Todos os bebês devem vir ao mundo como Jesus veio de Maria. Esse avanço na medicina fez com que a população do Brasil e da humanidade crescesse desenfreadamente. Se não existisse esse recurso, as adolescentes contavam até dez para não namorar e ter gravidez precoce. Mas o pior de tudo isso, é que além de não sofrer a dor do parto, quem cuida do bebê é a mãe, ou melhor, a vó. Não se pode evitar também com preservativos, mas com abstinência sexual.

 

Essas encenações, reforçadas com exageros, amedronta quaisquer mães. Eu me lembro do primeiro parto da minha esposa para ter nosso primeiro filho. Na época morávamos em Forte de Coimbra-MS. Eu me apegando à Bíblia para escolher o nome dele ou dela, e ao mesmo tempo em oração. Ela nas mãos dos médicos com gemidos e eu andando para lá e para cá. Acho que se eu fumasse, fumaria um maço por hora. Der repente o médico se aproximou de mim, pois a mão em meu ombro e disse: David, naquele tempo meu nome de guerra era David. Você tem condição para ir com sua esposa para o Hospital Naval do Ladario? Perguntei: o que está acontecendo doutor? Naquelas alturas, já estava aparecendo a cabeça do nosso bebê. Ele disse sua esposa não tem condições de realizar o parto aqui. Respondi: claro doutor, vamos sim. Parece que quando ele falou comigo, já havia ligado para a aeronave socorrer, pois chegou tão rápido o teco-teco. Assim viemos para o Ladario, e em seguida, puxado com instrumento, Graças a Deus nosso filho veio ao mundo e minha esposa se aliviou. Estou narrando tudo isso, mas não é para a futura mamãe ficar com medo não! Temos que ter fé e acreditar nas mãos dos médicos, ou até mesmo das parteiras. Finalizando quero dizer que com tudo isso que minha esposa passou, não ficou traumatizada. Teve mais quatro em parto normal. Temos cinco filhos, sendo quatro homens e uma mulher. Amém! Mamães? Desde já quero parabenizar as mães do Brasil e do mundo! Veja bem, excluir a “Todas”. Por quê? Para que a sociedade entenda que tudo tem sua hora, seu tempo. Vamos assistir e meditar no episódio: Os Dez Mandamentos. Ali Deus está nos mostrando como deve ser uma família Cristã. É claro, não estou desmerecendo as demais, mas a partir de agora, é outra geração. Juízo em pessoal. Vamos ter teto, saúde, emprego, pão... E dignidade para todos. Felicidades mamães!



Escrito por marianosoares às 00h04
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]